Você sabe o que é Due Diligence?

Processo é essencial para avaliar riscos antes de fechar parcerias

O due diligence é uma forma muito eficaz de avaliar riscos antes de fechar parcerias e, por meio dele, é possível buscar dados sobre uma empresa. 

Em português, o termo significa “diligência devida” ou “diligência prévia”, ou seja, uma pesquisa. Porém, o levantamento é feito sempre antes de alguma decisão.

Com ele, você pode fazer uma análise prévia antes de escolher um parceiro e, além disso, o processo pode ajudar na escolha de um fornecedor, por exemplo, evitando a chance de atrelar sua marca a uma empresa fraudulenta e previne golpes.

Quando uma empresa está buscando um parceiro ou fornecedor, pode pedir uma due diligence. Além disso, esse processo inclui gestão de riscos, auditoria, compliance, entre outras etapas. 

Portanto, uma equipe vai se dedicar a avaliar todos os cenários de um negócio com uma empresa. Embora o processo possa ter um padrão de execução, também é possível fazer uma due diligence específica. 

Por exemplo, além de verificar se a empresa é idônea e está em dia com a Justiça, você pode pedir outras informações. Se você quer fechar um negócio para a compra de produtos, pode verificar o histórico de vendas. 

Leia também: O papel do Background Check na redução de crimes financeiros

Logo, caso queira fazer uma parceria, pode buscar detalhes sobre serviços já prestados. Dessa forma, conclui-se que o modo de fazer a due diligence varia de acordo com a empresa. 

Para saber como fazer a do seu negócio, tenha algumas perguntas em mente. Primeiro, saiba que tipo de serviço será prestado. Depois, mensure o tamanho da operação feita.

Em seguida, você saberá quais pontos abordar na due diligence. Entre eles, podem estar dados específicos de produtos, pessoas, conexões políticas ou históricos na Justiça.

Benefícios da Due Diligence

São inúmeros os benefícios da due diligence como, o acesso a informações que auxiliam na tomada de decisão, e utilizando essa ferramenta você evita cair em golpes ou se envolver com uma empresa fraudulenta. Contudo, as vantagens são maiores do que apenas se prevenir contra golpes. 

Além de evitar fraudes e reduzir os riscos de manchar o nome da sua empresa, você pode aumentar as chances de um bom negócio.

Ao fazer uma due diligence, você saberá as chances de obter êxito em uma decisão, poderá avaliar se o que pretende fazer vai dar certo ou não, caso você queira fazer uma fusão ou compra de uma empresa, por exemplo. 

Entre os dados que você pode obter estão a reputação da empresa, posição no mercado, falhas, riscos, processos atuais, entre outros. Além destes pontos, você também consegue ver a situação contábil e fiscal.

Dessa maneira, você evita surpresas antes de assinar os papéis. Quando você tomar a decisão, será com todos os dados em mãos para te dar maior segurança!