Entenda as novas regras para o Pix, válidas a partir de 2023

Principais mudanças são novos limites para saque e troco por período do dia.

O Banco Central (BC) anunciou novas regras para o Pix. As normas já estão em vigor desde o dia 02 de janeiro de 2023. De acordo com o BC, as principais mudanças são os novos limites para saque e troco. Assim, os bancos não precisam mais impor limites de valor, apenas restrição por período.

Por exemplo, antes quem tinha um limite de R$1 mil por transação e R$3 mil por dia precisava fazer três operações para movimentar o valor máximo diário. Porém, com a mudança, a pessoa poderá fazer uma única transação de R$3 mil.

Além disso, o Banco Central também aumentou o limite para as retiradas de dinheiro por meio das modalidades Pix Saque e Pix Troco. Com isso, o valor máximo agora foi de R$500 para R$3 mil durante o dia e de R$100 para R$1 mil à noite.

Ainda assim, existem regras para que seja possível solicitar mudanças. Por exemplo, os bancos têm de 24 a 48 horas para analisar os pedidos de aumento dos limites.

Entretanto, as solicitações para diminuição dos valores de operações via Pix devem ser aceitas de forma imediata pelas instituições financeiras. Segundo o Banco Central, para empresas, o limite para transações via Pix fica a critério de cada instituição financeira. As novas regras foram publicadas em 1º de dezembro de 2022.

“Essa medida tem como objetivo adequar os limites usualmente disponibilizados nos caixas eletrônicos para saques tradicionais. Assim, com o Pix Saque, os usuários terão acesso ao serviço com condições similares às do saque tradicional”, explicou o Banco Central em nota.

Saiba mais sobre programas de compliance aqui!

Com as mudanças, o Pix continua sendo seguro?

Segundo o Banco Central, o prazo para análise do pedido de aumento de limite é de 24 a 48 horas. Portanto, essa medida contribui para evitar golpes.

O banco pode customizar o período de transações do Pix do período da noite. Antes, o limite funcionava entre 20h e 6h. Contudo, com a nova regra já em vigor, é possível alterar para o horário das 22h às 8h.

Entretanto, é possível solicitar as mudanças por meio do aplicativo ou canal digital do banco. Assim, caso o cliente perca o aparelho celular, a orientação é que entre em contato com a instituição financeira imediatamente para solicitar o bloqueio do acesso pelos meios digitais.

Leia também: Saiba a relação entre compliance e governança corporativa

Por fim, quando o cliente pretende reduzir os limites do Pix, a solicitação será atendida de forma imediata. Portanto, este ponto será mantido conforme a regra anterior.

Como usar o Pix Troco?

Em suma, o Pix Troco é uma função que combina o pagamento por meio de transferência e dinheiro em espécie. Por exemplo, o cliente faz uma compra no valor de R$50, mas faz o Pix de R$100, para receber R$50 em espécie.

O procedimento funciona como um Pix Saque, em que o cliente traz uma transferência do valor total que pretende receber em espécie. Contudo, no caso do Pix Troco a transação inclui uma compra.

Nestes casos, os estabelecimentos também podem determinar limites menores do que aqueles do Banco Central, por questões de segurança.

Exit Popup for WordPress
plugins premium WordPress